sexta-feira, 27 de julho de 2018

Como fazer seu próprio Shampoo em Barra


Seguindo com a nossa série de faça você mesmo, agora vamos apresentar uma maneira fácil de fazer seu próprio Shampoo em Barra. O processo é bem parecido com o que ensinamos na matéria passada, se você não viu é só clicar aqui!

Vamos lá, você vai precisar de:


-Pão Duro, ou uma espátula;

- Uma vasilha ou Becker com capacidade suficiente para a quantidade que você deseja produzir e que tolere calor;

-Uma faca ou ralador;

- Forma para sabonete;

- Uma balança para pesagem;

-Fita Medidora de pH

- Óleo essências, vegetais, argilas etc...

Como fazer:
1)      Rale ou pique sua Base Glicerinada na vasilha escolhida, pesando para atingir o volume da sua forma, sempre considere um volume 5% maior devido a evaporação de parte do material no processo;
2)      Em banho-maria ou no microondas derreta a base, tome cuidado para que não ferva, além do produto expandir e vazar também perderá a consistência de trabalho;
3)      Após o derretimento da base, misture o ativo desejado, caso o ativo seja volátil, sempre verifique com o fornecedor a temperatura e concentração indicada para mistura, podendo utilizar um termômetro para auxiliar. Misture bem e despeje o composto em uma forma;
4)      Deixe o Shampoo esfriar por cerca de 1h e desinforme.
5)  Com auxilio da fita medidora de pH verifique se seu Shampoo está com pH entre 5 e 6,5, caso esteja mais alto use substancias naturais para baixar o pH, como óleo essencial de limão ou ácido cítrico.


Dicas: O pH do seu shampoo é super importante para uma adequada abertura da cutícula dos fios e para saúde do couro cabeludo, sempre verifique com o fornecedor do ativo(s) que você escolher, qual a concentração indicada para utilização. Óleos em excesso fazem com que seu shampoo perca características fundamentais no momento da lavagem.

Curtiu? Então fica ligado que nosso próximo post é ensinando a fazer shampoo liquido J

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Como fazer seu próprio sabonete


Se você deseja criar seus próprios sabonetes, naturais e veganos, da uma olhada como é fácil, usando nossa Base Glicerinada!


O primeiro passo é separar os utensílios que você irá usar, indicamos a utilização de utensílios de vidro, cerâmica, silicone e inox, evitando plásticos e metais, que possuem maior incidência de contaminação bem como podem reagir com determinados ativos que você for usar.





- Você vai precisar de um Pão Duro, ou uma espátula, que encontrará mais facilmente de silicone e cerâmica;
- Uma vasilha ou Becker com capacidade suficiente para a quantidade que você deseja produzir e que tolere calor;
-Uma faca ou ralador;
- Forma para sabonete;
- Uma balança para pesagem;
- Óleo essências, vegetais, argilas etc...



Como fazer:
1)      Rale ou pique sua Base Glicerinada na vasilha escolhida, pesando para atingir o volume da sua forma, sempre considere um volume 5% maior devido a evaporação de parte do material no processo;
2)      Em banho-maria ou no microondas derreta a base, tome cuidado para que não ferva, além do produto expandir e vazar também perderá a consistência de trabalho;
3)      Após o derretimento da base, misture o ativo desejado, caso o ativo seja volátil, sempre verifique com o fornecedor a temperatura e concentração indicada para mistura, podendo utilizar um termômetro para auxiliar. Misture bem e despeje o composto em uma forma;
4)      Deixe o sabonete esfriar por cerca de 1h e desinforme. Prontinho, seu sabonete em barra natural, veganinho e artesanal esta pronto J

Se você tiver qualquer dúvida em como fazer seu próprio sabonete manda sua pergunta pra gente, e fica ligado que ainda vamos ensinar como utilizar nossa base para fabricar seu próprio shampoo sólido, sabonete líquido e shampoo líquido, não perde! 

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Receitas de Mascaras de Argila

As argilas tem diversas propriedades e podem ter seus efeitos ainda mais potencializados de acordo com a receita de preparo que você seguir, óleos essenciais, vegetais e hidrolatos podem ser adicionados a mistura para trazer benefícios extras para sua pele. Para saber qual cor de argila é melhor para sua pele você pode clicar AQUI.
A primeira receita é um passo a passo simples que deverá sempre ser seguido, mesmo para nossas outras receitas, ok?

Receita BÁSICA


Material:

1 Colher de sopa (de vidro, plástico, porcelana ou madeira, evite metais) da argila escolhida;
1 recipiente para preparar a mistura
Água (a quantidade irá varias de acordo com a cor da argila)
Preparo:

Coloque uma colher de sopa da argila escolhida no recipiente de preparo e, aos poucos, vá adicionando água até formar uma pasta. Viu como é simples? Agora, nossas outras receitas começam a partir desse ponto do preparo, caso você esteja fazendo a preparação básica, pode parar por aqui e fazer a aplicação.

Receita mascara TONIFICANTE


Para essa receita iremos apenas substituir a água da receita básica pelo Hidrolato de Rosas ou de Melaleuca, dessa forma além de hidratar você irá tonificar sua pele. As quantidades e modo de preparo seguem a inicial, ok?

Receita mascara RESTAURADORA


Para essa mascara iremos utilizar o óleo de rosa mosqueta. Forme a pasta da argila desejada conforme instruções da receita básica, depois adicione 5 gotas de óleo de rosa mosqueta, além de hidratar ele ira restaurar sua pele, clareando manchas e evitando o envelhecimento precoce

Receita mascara HIDRATANTE

Nessa receita iremos utilizar o óleo de amêndoa doce ou o óleo de semente de uva, ambos são super hidratantes e a pele os absorve rápido. Siga o passo a passo da receita básica, ao formar a pasta, misture 10 gotas do óleo e aplique a mascara normalmente.  
Você pode comprar seu pacote com 50g de argila clicando AQUI e já começar a preparar você mesmo suas receitas, de acordo com as necessidades da sua pele.

domingo, 1 de julho de 2018

O que é foliculite e como tratar?


A foliculite é, na maioria dos casos, uma pequena inflamação dos folículos pilosos (estrutura onde o pelo/cabelo é feito) que tem diversas causas e, em casos mais raros, pode evoluir para furúnculos, então sempre que possível consulte um dermatologista, ok?!

Nos casos mais comuns a foliculite apresenta pequenas espinhas em torno de um ou mais folículos pilosos. São aquelas espinhas que aparecem nos braços, bumbum e coxas, sabe?
Então, pra essas você pode usar o Sabonete de Açafrão, seu efeito esfoliante acaba com a foliculite já nos primeiros usos, assim você acaba com a foliculite com um produto natural e sem crueldade animal
Foto - Gabriel Antonio - Projeto Veganismo Acessivel
Se quiser, compra o seu clicando AQUI.

Outras dicas para evitar a foliculite são: manter sempre a pele limpa, seca, hidratada, evitar escoriações de roupa e laminas, não usar antissépticos com muita frequência, pois tiram a proteção natural da pele.
Lembrando, sempre que possível consulte um dermatologista, existem muitas variações de foliculite, como a Estafilocócica, foliculite da banheira quente, Foliculite Ptirospórica, Foliculite por bactéria gram-negativa entre outras, então para que tenha os cuidados necessários um diagnóstico preciso é essencial.



Bibliografia:
SBD – Sociedade Brasileira de Dermatologia - http://www.sbd.org.br/


segunda-feira, 23 de abril de 2018

É natural mesmo? Como saber?


Como saber reconhecer se o produto que você esta consumindo é natural, ecológico ou usa apenas o apelo para melhor comercialização pode ser bem complicado, principalmente em cosméticos.
Para deixar essa tarefa um pouco mais fácil, vamos listar algumas formas de saber se seu produto é natural ou não. Apesar de não haver nenhuma definição legal do termo “cosmético natural” existe um consenso que as matérias primas aceitas sejam extraídas, por processo manual, físico ou químico* de meios naturais. Para o Sebrae, por exemplo, os cosméticos naturais são aqueles que não contém aditivos químicos, o que pode ser uma definição bem problemática.
As certificadoras (ECOCERT e IBD) definem uma série de parâmetros para que os cosméticos possam ser considerados naturais, componentes proibidos e práticas de fabricação, tanto da matéria prima quanto do produto acabado devem ser seguidas para que o produto ganhe o selo.

Atualmente a internet é a melhor ferramenta para obtenção de informação, se as buscas e fontes forem utilizadas com cautela. O primeiro passo é identificar os ingredientes da formulação do cosmético que deseja verificar, para isso copie o nome de cada item da composição e busque no Google para saber como a substancia é fabricada, neste processo você já consegue descartar uma série de produtos sintéticos e para o caso de substancias que possam ser extraídas naturalmente ou fabricadas sinteticamente, a única maneira é solicitar a informação ao fabricante.

Um segundo passo é buscar o nome dos ingredientes no site EWG e verificar o Score que o site te apresenta baseado em publicações cientificas. Nós mantemos 99% dos nossos ingredientes no score 1, o menos nocivo a saúde, com apenas um item, o hidróxido de sódio, que possui nota 3, que é necessário para fabricação de qualquer sabonete e não deixa resíduos no produto final. Lembrando que a nota do EWG não diz respeito ao ingrediente ser natural ou não, e sim se existe bibliografia científica que aponta malefícios a saúde no consumo do ingrediente pesquisado, dessa forma deve ser usado após a primeira etapa de pesquisa. É natural mesmo
Aqui temos alguns itens que devem ser evitados:

Formaldeído
Triclocarban
Triclosan
Bronopol
DMDM hidantoína
Imidazolidinyl urea
Diazolidinyl urea
Quaternium-15
Coal tar
Cocamida DEA
Buthylated hydroxyanisole
Butylated hydroxytoluene
Parabenos
Metilbenzeno 
Oxybenzone ou benzophenone-3
Boric acid 
Polyethylene glycols – PEGs
Polyoxyethylene
Ceteareth
1,4-diaxane
Sodium lauryl sulfate
Lauryl ether sulfate
Retinyl palmitate
Fragrance
DMP
Phthalate
DEHP
DINP

Seguindo essas práticas as chances de você adquirir um cosmético que seja realmente natural ou que siga preceitos minimamente éticos é maior. Lembre-se, informação é um direito do consumidor, qualquer dúvida que você tiver envie para o fabricante.

Bibliografia:
www.ecycle.com.br

sábado, 21 de abril de 2018

DICA: Como conservar seu sabonete e evitar contaminações


É comum, principalmente na saboaria artesanal e/ou natural que os sabonetes não possuam conservantes, isso porque o PH final do sabonete é um meio que dificilmente terá proliferação de fungos ou bactérias, porém, essa garantia é válida até o inicio de sua utilização e mais importante, a produção deve seguir cuidadosamente alguns conceitos de higiene e boas praticas. 
Alguns estudos regionais apontaram contaminação em 100% das amostras de sabonetes artesanais coletadas, o que além de preocupante é alarmante pois grande parte desses produtos, apesar do apelo “natural” continham parabenos em alta concentração (inclusive superior à aceitável segundo as normas da ANVISA).
Se você usa ou já usou sabonetes glicerinados, hidratantes e/ou naturais já deve ter notado que, se deixado no banheiro ou exposto a umidade excessiva ele aos poucos vai “derretendo” ou separando uma “gosma”, neste ponto pode haver a contaminação do sabonete.
Dito isso, vamos exemplificar 2 formas de conservar seu sabonete tanto para que dure mais quanto para minimizar os riscos de contaminação, ok? Vamos lá

1) SABONETEIRA            
Mantenha-o sempre em uma saboneteira fechada, principalmente para sabonetes íntimos ou para o
rosto, assim você evita que ele fique em contato com o ambiente e perca volume e estabilidade.

2)  ELÁSTICOS
Na saboneteira, apoie o sabonete em alguns elásticos, para que não fique em contato com a água residual da lavagem, isso reduzirá consideravelmente a separação da glicerina no fundo.

Bom, essas duas dicas, aliadas a produtos que seguem padrões de manipulação e fabricação farão seus produtinhos durarem muito mais e não serem prejudiciais a sua saúde.








Bibliografia

Joselany Afio Caetano1 , Maria Alzete Lima2 , Maira Di Ciero Miranda3 , José Carlos Serufo4 , Paulo Roberto Lins Ponte5 Identificação de contaminação bacteriana no sabão líquido de uso hospitalar
Fernandes Araujo A. C. Avaliação da qualidade microbiana de sabonetes comercializados em feiras de artesanato de Brasília
BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Farmacopeia Brasileira. Brasília: Fiocruz; 2010.
Neves PR, Mamizuka EM, Levy CE, Lincopan N. Pseudomonas aeruginosa multirresistente: um problema endêmico no Brasil.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Informações Sobre os produtos

Olá, tudo bem?

Em primeiro lugar gostaríamos de agradecer a sua compra. A Flor de Sal tem a proposta de impactar o mínimo possível no nosso lindo planeta, produzindo cosméticos que não agridem a pele ou o meio ambiente.

Agora que você já recebeu os seus produtos é muito importante saber como utiliza-los e armazená-los.

Sabonete esfoliante de argila:

Sabonetes podem ser utilizados todos os dias. O ideal é sempre ir sentindo se a pele está com a oleosidade controlada. Você não deve esfoliar sua pele se estiver irritada ou se tiver alguma ferida.
Também não é recomendável esfoliar áreas delicadas do corpo como o peito, o contorno dos lábios e olhos, os seios e a região íntima.
Temos as 9 cores de argila, para saber mais sobre as propriedades clique aqui.

Sabonete de açafrão tem aroma do Tea Tree, é indicado para o tratamento de foliculite e tem efeito bactericida e anti-inflamatório. Utilize o sabonete nas áreas desejadas e deixe agir por 5 minutos antes de enxaguar. O sabonete de açafrão pode ser utilizado todos os dias. Para saber mais sobre os benefícios do açafrão clique aqui.

O Sabonete de Amêndoa hidrata sua pele sem deixa-la oleosa, sendo rico em ácidos graxos, tem ação hidratante, tonificante, alivia alergias, dermatoses e queimaduras superficiais. Este óleo é tratado como o mais suave de todos, além de propriedades emolientes tem também ações cicatrizantes e anti-inflamatórias. Este sabonete pode ser utilizado todos os dias no corpo todo (exceto higiene íntima). Para saber mais sobre os benefícios do óleo de amêndoa doce, cliqueaqui.


Sabonete de Rosa Mosqueta para clarear manchas e hidratação da pele. Além de indicado na prevenção do envelhecimento, no tratamento de dermatoses, como as sardas e as manchas provocadas por exposições solares ou queimaduras. Com seu poder regenerador de tecido também auxilia na cicatrização de suturas, redução de cicatrizes antigas, queloides, ulcerações, assaduras e no tratamento de queimaduras. Este sabonete pode ser utilizado todos os dias no corpo todo (exceto higiene íntima). Para saber mais sobre os benefícios do óleo de Rosa Mosqueta, clique aqui

Sabonete íntimo com óleos essenciais de Melaleuca, o sabonete possui as mais variadas propriedades. É ótimo para higiene intima feminina, Anti-inflamatória, Antibacteriana, Sedativa, Antisséptica. Utilize nas regiões desejadas, incluindo área íntima, este sabonete pode ser utilizado todos os dias no corpo todo. Para saber mais sobre a Melaleuca, clique aqui


Armazenamento sabonetes /shampoos sólidos
O armazenamento é muito importante para o seu sabonete/shampoo não evaporar. Mantenha fora do box (fora do banheiro se possível) sempre em uma saboneteira com tampa. No caso de não utilizar o sabonete imediatamente, recomendamos que o mantenha na geladeira para evitar que o produto volatilize.

Pacote de Argila
Modo de Preparo: O preparo é simples, não utilize utensílios metálicos para manusear ou aplicar a argila. Coloque uma colher de sopa (aprox. 10g) da argila escolhida em um recipiente, adicione água aos poucos até a formação de uma pasta. Caso queira conhecer outras formas de preparar sua mascara clica AQUI. 

Modo de Usar: Espalhar no rosto (exceto contorno dos olhos e boca) e deixe secar completamente por 20 min e retire com água. Algumas cores de argila estimulam a circulação sanguínea local, podendo causar aquecimento e vermelhidão na pele. Como a mascara tem um efeito mais expressivo, utilize somente uma vez por semana

Conservação: Mantenha sempre a embalagem fechada e em local seco. 

Precauções: Apesar de natural a argila pode causar irritação e reações alérgicas, faça o teste de sensibilidade no antebraço antes de utilizar. A argila ativa a circulação sanguínea, formigamento e vermelhidão são comuns durante o uso. Argila NÃO alimentícia. Não expor a pele ao sol logo após o uso da mascara. 


Desodorante
O desodorante é cremoso e hidratante, sem alumínio, álcool, parabenos, derivados de petróleo e antitranspirantes. Aplique o produto nas axilas até que seja absorvido completamente. Em dias mais quentes é comum que o produto fique com uma consistência mais cremosa e em dias mais frios, a consistência fique mais sólida, por causa do óleo de coco que tem alteração em sua consistência de acordo com a temperatura.

Kit Mascaras + Sabonetes
Os kits tem como função baratear o custo de produtos com mesma propriedade ou que em conjunto forneçam resultados mais sólidos. A frequência deve ser da forma que ambos foram descritos acima. Intercale as cores ou utilize-as gradativamente após o término da anterior. Observe como sua pele responde a utilização, se notar ressecamento procure mudar para argilas mais “leves”.

Shampoo Sólido
Utilizar o shampoo sólido é lavar os cabelos com sabonete em barra, a diferença é que no shampoo existem ativos em sua composição, que trazem benefícios para os cabelos e couro cabeludo. Para aplicar, molhe bem os cabelos e o couro cabeludo, aplique a barra nos cabelos e nas mãos até que o shampoo se espalhe por todo o fio, depois massageie o couro cabeludo e ao final do processo enxague. A transição entre as higiene capilar tradicional para a natural pode levar até 2 meses, neste período é muito comum notar o cabelo pesado e difícil de pentear, o uso do creme para pentear, pode ajudar a transição.
Não é recomendado utilizar  condicionadores que contenham em sua formulação, petrolato, silicones e lauril em conjunto com o shampoo sólido

Cremes hidratantes faciais
Manter em ambiente seco, fresco e ao abrigo do sol. Antes de usar a primeira vez, faça o teste de sensibilidade no antebraço. Em caso de irritação, suspenda o uso. Os hidratantes apresentam uma consistência mais liquida, por serem mais leves. Você pode obter uma consistência mais firme, armazenando-os na geladeira.

Roll-on de óleo de Rosa Mosqueta
Com a pele limpa, aplique o roll-on diretamente na área desejada antes de dormir. Para melhor espalhabilidade, aplicar com a pele úmida.



Óleo para Barba
Goteje algumas gotas na mão e espalhe, massageando levemente a barda toda, se necessário repita o procedimento.

Balm Para Barba
Pegue uma pequena quantidade com o dedo, derreta um pouco esfregando na palma da mão e massageie a barda toda, se necessário repita o procedimento.

Gel Pós Barba
Espalhe uma pequena quantidade nos dedos e massageie suavemente na pele.

O uso dos produtos por Gestantes e Lactantes
Sempre indicamos mostrar a composição para o seu (a) médico (a), e informar que os óleos essenciais que utilizamos são 100% puros e naturais, atestados pelo IBD e utilizados em proporção máxima de 4/1000 referente ao volume do produto final. Já os óleos vegetais são prensados a frio e puros.

Bom, então é isso, se seguirem todas as nossas dicas terão melhor aproveitamento e resultados com os nossos produtos. E só para lembrar, todos os produtos são veganos, naturais, sem lauril, parabenos, sulfatos, silicones e produtos nocivos, produzidos artesanalmente com o maior carinho.